Copa, rede social e você: tudo a ver.
shutterstock_1061675618

O “bordão” que inspira o título do texto é antigo, assim como a comunicação da maioria das empresas do nosso estado. Eu só observo, hoje resolvi falar. A frase, o bordão original “Globo e você, tudo a ver” é do Galvão Bueno, o mais famoso narrador do nosso país, da emissora mais valiosa, que em breve estará narrando os jogos da nossa seleção na Copa do Mundo mais conectada de todos os tempos. Não pesquisei, mas essa frase deve ter no mínimo uns 10 anos, do tempo que a televisão reinava sozinha na comunicação.

Por anos a comunicação esteve estagnada, congelada em poucos meios, e é interessante analisar como ela mudou e fazer um contraponto com essa evolução em cada Copa.

Vamos lá!

Durante mais de 30 anos a Copa só foi transmitida pela rádio, o único meio da época. Depois disso, de 54 até 66, os jogos eram gravados e as fitas chegavam no Brasil e só depois as pessoas viam os jogos. A partir de 70, finalmente iniciou-se a transmissão ao vivo, em preto e branco ainda na maioria dos lugares. Poucos tinham acesso às televisões coloridas, na época, pelo preço. A evolução não parou aí! Cada vez mais a comunicação melhorou a transmissão dos jogos para o público, com novas câmeras, outros ângulos, até chegar nos dias de hoje. Em 2014, não era mais só a televisão e a rádio que transmitiam o Mundial. Cada smartphone, cada computador, cada tela passou a ser responsável por propagar a emoção dos jogos e de cada momento. As pessoas passaram a acompanhar não apenas as partidas, mas também as hashtags, as fotos, os fatos, os vídeos da torcida, os bastidores e os gols. Agora em 2018, na Rússia, eu posso afirmar que teremos a Copa do Mundo mais conectada da história. Cada torcedor, de dentro do estádio ou na rua de casa, vai compartilhar esse sentimento. Você, aí no Brasil, vai poder se arrepiar, torcer e chorar como se estivesse aqui, do outro lado do mundo.

Sabe o que é isso? É a evolução da comunicação na palma da nossa mão. Não só para as Copas, mas para tudo. Os meios agora são muitos, de toda forma, de todo tipo, e se chama conteúdo. E o que isso tem a ver com sua marca, com sua empresa, com você? Tudo, meu amigo, cliente, empresário, curioso. Tem tudo a ver! Se você não consegue perceber a evolução da comunicação e não direciona sua empresa para todos os meios disponíveis hoje, você vai ficar fora do mercado, cada vez mais vai perder clientes e num futuro próximo fechará as portas. É uma questão simples: onde seu público está, sua comunicação tem que tá junto, colado, como o marcador mais duro em cima do Neymar.

De que adianta ter o melhor serviço/produto, se você não aparece para seus clientes? É como se o Philipe Coutinho fosse banco reserva da seleção do Irã. Vai adiantar alguma coisa? Não!

A comunicação na televisão e na rádio são muito importantes ainda, mas eles não estão mais sozinhos como mídia de massa. Seja bem vinda, de vez, rede social! A Copa do Mundo, a partir de agora, será vista, compartilhada, curtida, por milhões de pessoas, provavelmente através de seus smartphones, e você não pode continuar omisso a isso! Ou vai preferir ser o bordão antigo do Galvão? Essa é uma pergunta que eu posso te ajudar a responder. Deixe seu e-mail que, assim que chegar ao Brasil, entrarei em contato para falarmos de negócios, comunicação, e até de futebol, se você for um apaixonado como eu! 😉

Хороший Кубок, хороший бизнес и увидимся в следующий раз.

Traduzindo para o português: Boa copa, bons negócios e até a próxima.

Mentenha-se Informado(a)!
Receba nosso conteúdo primeiro.
Nós respeitamos sua privacidade.

Deixe seu Comentário


Inscreva-se na nossa newsletter!